Australian Open pagará recorde de US$ 62,5 milhões em prêmios

Faltando exatos 15 dias para o início do Australian Open em 2019, que terá início nas quadras duras e rápidas do Melbourne Park no dia 14 de janeiro, a organização do evento veio à público para divulgar o valor da premiação que será paga nesta temporada, algo que com certeza agradou a todos os tenistas mas principalmente àqueles que irão disputar as primeiras rodadas.

O responsável por trazer estas boas notícias para os tenistas foi Craig Tiley, CEO do Australian Open, que entre outras palavras disse que o aumento dos prêmios é apenas uma forma dos organizadores continuarem a investir no jogo e contribuírem para uma carreira sustentável para todos os tenistas:

– “Os jogadores são as estrelas do show. Eles trazem as multidões e enchem os estádios, inspiram a próxima geração a pegar uma raquete, e o resto de nós sempre tentamos, e aumentamos os limites do que é possível. A maioria desses aumentos será direcionada aos jogadores nas eliminatórias, rodadas iniciais e duplas. Por exemplo, os jogadores que perderem a primeira rodada no evento classificatório – que é praticamente o nível de entrada do Grand Slam – levarão para casa US $ 15.000, o dobro do valor anteriormente concedido”.

Para homens e mulheres nesta temporada o prêmio para o campeão será de US$ 4.100.000, enquanto o vice-campeão terá direito a R$ 2.050.000.

Entre os homens o maior favorito para esta temporada é novamente Novak Djokovic segundo os sites de apostas esportivas de todo o mundo. No betboo, por exemplo, o retorno para cada R$ 1 apostado no sérvio é de R$ 2,25, enquanto Roger Federer tem o retorno de R$ 6 e Rafael Nadal R$ 6,50.

Entre as mulheres quem neste ano abre o torneio como grande favorita, como não poderia deixar de ser, é Serena Williams que paga R$ 5,50 a cada R$ 1 apostando em sua conquista na Austrália.

Vindo na sequência aparece Naomi Osaka, a japonesa sensação da última temporada com R$ 9. Ela aparece à frente de outros nomes importantes do esporte como Simona Halep, Angelique Kerber e Elina Svitolina, além de Carolina Wozniacki e Karolina Pliskova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *