Brasil tem quase 100% de aproveitamento no Qualifying do US Open

O tênis brasileiro passa longe de estar em seu melhor momento da história, mas mesmo assim ainda traz algumas alegrias para o torcedor como na estreia dos principais tenistas do país no qualifying para o US Open, quarto e último Grand Slam da temporada de 2018 tanto na ATP quanto na WTA.

O primeiro brasileiro a entrar em quadra no Aberto dos Estados Unidos deste ano foi Thiago Monteiro, que se complicou contra o japonês Tatsuma Ito mas mesmo assim conseguiu derrotar o experiente oriental que atualmente ocupa a 165ª posição no ranking da ATP.

Monteiro que é o brasileiro melhor classificado no ranking ocupa atualmente a 119ª posição e venceu Ito por 2 sets a 1, parciais de 7/5. 6/7 e 6/2. Agora, Thiago Monteiro encara o francês Calvin Henry na segunda rodada do Qualifying do US Open.

Outro brasileiro que mandou bem na estreia nas quadras duras norte-americanas foi Guilherme Clezar, que venceu o espanhol Ricardo Ojeda Lara após ter chegado até as semifinais do Challenger de Cordenons na Itália na última semana.

Na segunda rodada do Qualifying Clezar terá pela frente o italiano Lorenzo Sonego, que impediu um dia 100% de vitórias dos brasileiros no US Open já que mesmo com Rogério Dutra Silva lutando muito foi derrotado por Sonego que em uma só tacada também impediu um confronto brasileiro na próxima fase.

Outra que também abriu o US Open com vitória foi Bia Haddad, que mesmo com dificuldades no início do jogo conseguiu se recuperar para vencer a australiana Olivia Rogowska por 2 sets a 0, parciais de 7/6 e 6/1. A vitória é muito importante para Bia, já que esta é a primeira vez que vence uma partida profissional em Flushing Meadows.

Aconteça o que acontecer daqui para frente no US Open o desempenho brasileiro já é bem melhor do que no ano passado, quando os brasileiros deixaram o Abertos dos Estados Unidos sem nenhuma vitória nas partidas de simples.

Na ocasião o país foi representado por Thomaz Bellucci, que perdeu para o alemão Dustin Brown e Thiago Monteiro, que lutou por 5 sets e mesmo assim acabou eliminado ainda na estreia contra Malek Jaziri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *