A diferença de prêmios entre o US Open e um Challenger

A organização do US Open anunciou para este ano um aumento na premiação não somente para para os campeões de todas as categorias do torneio, principalmente nos torneios de simples masculino e feminino, mas também para todos aqueles que estão participando da competição neste ano. Serão valores recordes que mostram como é a diferença entre os ganhos dos tenistas de elite para aqueles que ainda estão começando ou já estão no final de carreira.

Para o US Open em 2019 o aumento da premiação em relação a 2018 é de 8%, e apenas para participar da primeira rodada quem esteve nas quadras do USTA Billie Jean King Tennis Center no Queens em Nova York recebeu US$ 58 mil dólares, com o prêmio aumentando gradativamente com o passar das fases.

Quem participar da segunda fase irá receber US$ 100 mil e na terceira fase irá receber US$ 163 mil, tanto no torneio feminino quanto no masculino. Chegar nas oitavas de final rende para o tenista US$ 280 mil, US$ 500 mil nas quartas de final, US$ 960 mil nas semifinais e prêmios milionários para os finalistas.

Tenistas que entram em ação como favoritos segundo os sites de apostas esportivas, como por exemplo o betboo, entram em quadra pensando nos maiores títulos, como neste caso do US Open: 1,9 milhão para o vice-campeão e US$ 3.850.000 milhões para os grandes campeões.

Analisar estes números nos faz pensar que o Tênis é um esporte multimilionário, e que todos os atletas participantes são ricos. E a realidade não é bem assim.

Torneios como o US Open são minoria em uma temporada que dura o ano inteiro, e pagam prêmios completamente fora da realidade do circuito. Como comparação, um atleta que perde na primeira rodada do qualifying para o US Open recebe a incrível quantia de US$ 11 mil dólares.

Valor este apenas por entrar em quadra na primeira rodada tentando se classificar para a chave principal do Grand Slam americano. Como efeito de comparação, o campeão de um torneio Challenger ganha em média US$7 mil dólares, tendo que vencer um torneio para garantir esta quantia.

Para quem cai em uma primeira rodada de Challenger a realidade é muito diferente: US$ 250 dólares de premiação em média.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *