França e Croácia reeditam final da Copa do Mundo na Copa Davis

Dia 15 de julho de 2018 em Moscou no Estádio Lujniki em Moscou. Quem gosta de esportes com certeza sabe de cor esta data, o dia em que a França venceu a Croácia por 4 a 2 e conquistou pela segunda vez na história o título da Copa do Mundo de Futebol. O que ninguém poderia imaginar é que a chance de uma revanche para os croatas chegaria tão cedo e ela já tem data para acontecer em um esporte diferente: as duas seleções se enfrentarão entre os dias 23 e 25 de novembro nas finais da Copa Davis.

Para chegar à grande decisão os croatas passaram pelo Canadá no primeiro round e pelo Cazaquistão nas quartas de final, até chegar a um confronto mais do que complicado contra os Estados Unidos nas semifinais.

Nas duas primeiras partidas do duelo na sexta-feira a Croácia conseguiu duas vitórias, com Borna Coric vencendo Steve Johnson e Marin Cilic vencendo Francis Tiafoe, ambos por 3 sets a 0.

No sábado o favoritismo na Copa Davis estava do lado dos norte-americanos que entraram em quadra Mike Bryan e Jack Sock, que nesta temporada venceram Wimbledon e o US Open, e este favoritismo acabou sendo confirmado.

Com isso, a decisão ficou para o domingo e uma zebra assustou os croatas com Marin Cilic sendo derrotado por Sam Querrey, deixando tudo em aberto para o último confronto quando Borna Coric venceu Frances Tiafoe.

Os franceses tiveram a vida um pouco mais fácil nesta semifinal da Copa Davis após vencer a Holanda no primeiro confronto e a Itália nas quartas de final, ambas por 3 vitórias a 1. Nas semifinais a França teve como adversária a Espanha que chegou completamente desfalcada de seu principal nome, Rafael Nadal que está com uma contusão no joelho que o fez desistir do US Open.

A França pode ter mostrado certa facilidade  para vencer os três primeiros confrontos e se garantir na grande decisão mas o cenário não parece ser tão favorável assim na grande decisão segundo o site de apostas betboo. Ainda nas semifinais, os jogos do domingo serviram apenas para cumprir tabela e já classificados os franceses entraram em quadra sem nenhuma responsabilidade. Acabaram derrotados nas duas partidas, mesmo assim fechando a série contra os espanhóis em 3 vitórias a 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *