Inglaterra e Estados Unidos organizam torneios de tênis em julho

A pandemia do novo Coronavírus causou uma pausa no calendário da ATP e da WTA nunca vista antes na história do tênis. Torneios como os Masters 1000 de Miami e Indian Wells assim como o torneio de Wimbledon, Grand Slam mais tradicional da temporada, foram cancelados, assim como outros torneios como o Grand Slam de Roland Garros foram adiados.

A expectativa é que o calendário oficial da ATP e da WTA sejam retomados de maneira oficial apenas no mês de agosto, já nos torneios de preparação para o US Open, mas antes disso algumas federações nacionais já preparam torneios preparatórios de exibição para que seus principais tenistas possam voltar a ação mais preparados, como é o caso da Espanha que irá organizar torneios com os seus principais nomes, ainda que Rafael Nadal não tenha confirmado presença na disputa.

Outro que promete organizar competições durante o mês de julho é a Lawn Tennis Association, a LTA, responsável pelo tênis no Reino Unido. A associação deve realizar disputas durante o mês em algumas semanas de sexta-feira até domingo, com os jogos sendo disputados entre sexta-feira e domingo nas quadras do National Tennis Centre em Londres.

Todos esses jogos seriam disputados em quadra dura e descoberta e transmitidos para todo o mundo através de streaming.

Mesmo que os torneios ainda não tenham sido anunciados de maneira oficial a expectativa é que sejam disputados entre homens e mulheres e tenham premiações que possam chegar a 16 mil libras, que em conversão atual daria quase R$ 100 mil.

Também teremos e torneios organizados nos Estados Unidos no mês de julho, como é o caso do World Team Tennis, que inclusive está previsto para ter a presença de público nas arquibancadas.

O torneio norte-americano deve contar com a presença de nomes conhecidos do tênis como as campeãs de Grand Slam Sofia Kenin e Sloane Stephens, além do búlgaro Grigor Dimitrov e dos irmãos duplistas Mike e Bob Bryan.

A disputa do World Team Tennis será disputada em um resort na West Virginia e irá distribuir US$ 5 milhões em prêmios aos participantes. A competição é tradicional no país e disputada desde o ano de 1974, mas por ser amistosa não conta pontos para o ranking da ATP nem da WTA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *