Nicolás Almagro anuncia aposentadoria nesta semana

O espanhol de 33 anos Nicolás Almagro apesar de ainda ser relativamente jovem e de ainda ter lenha para queimar acabou sendo vencido por uma série de lesões em sua carreira e anunciou que jogará nesta semana em Murcia, sua terra natal na Espanha, o último torneio de sua carreira e logo após o final de sua participação estará oficialmente aposentado.

Nicolás Almagro entrou para o circuito da ATP em 2004 e ao longo dos anos de sua carreira conquistou 13 títulos de torneios principalmente da série ATP 250, onde conquistou 11 troféus e foi derrotado em 7 finais. Também conquistou 2 títulos da série ATP 500 ambos no Aberto do México em 2008 e 2009.

Grande parte das conquistas de Nicolás Almagro aconteceram aqui no Brasil. O espanhol é junto com o uruguaio Pablo Cuevas o maior campeão da história do Brasil Open com 3 títulos conquistados, dois deles na época em que o torneio era disputado na Costa do Sauipe e mais uma já nesta fase em que a disputa acontece no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

Almagro por conta das contusões não entra em quadra desde setembro de 2018 quando foi obrigado a se retirar do Challenger de Szczecin na Polônia por conta de mais uma dessas lesões. Mesmo assim, ainda não tinha anunciado oficialmente a sua aposentadoria.

Agora jogando em casa, já que nasceu justamente na cidade de Murcia, Almagro fez o anuncio oficial através de uma carta divulgada através de suas redes sociais onde fez questão de agradecer aos seus familiares e fãs:

– “Deixo o tênis porque nos últimos anos não pude desfrutar totalmente desse esporte que me deu muito, tantos bons momentos, e que tornou realidade todos os sonhos que propus na minha carreira. O deixo e quero fazer isso aqui, em casa, com vocês”.

Nicolás Almagro deixa o esporte tendo como melhor ranking na ATP um nono lugar e como um dos melhores nomes nas últimas décadas jogando no saibro, apesar de a sua melhor campanha jogando no maior torneio deste piso, Roland Garros, ter sido apenas uma terceira rodada em 2010.

O jogador fez parte da equipe espanhola campeã da Copa Davis em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *