Novak Djokovic está nas quartas de final de Roland Garros

O sérvio Novak Djokovic fez muitas mudanças em sua comissão técnica antes do início do torneio de Roland Garros, visando mudar a atual fase que não é nada boa no circuito mundial atualmente. Ex-número 1 do ranking da ATP e dominante durante os últimos anos, Djokovic vem sofrendo para se recuperar de lesões e vinha amargando insucessos consecutivos nas últimas vezes em que entrou em quadra.

Porém, ainda que seja muito cedo para dizer que estas mudanças na comissão técnica tenham surtido efeito imediato, a certeza é de que finalmente o sérvio vem dando pelo menos demonstrações de que pode voltar a ser o tenista que dominou o circuito e enfileirou adversários durante os últimos anos.

Nesta edição do torneio de Roland Garros a última vítima foi o espanhol Fernando Verdasco pela terceira fase do Aberto da França, vencendo por 3 sets a 0 e pelo menos igualando a campanha que teve no torneio no ano passado.

Atualmente no número 22 do ranking da ATP, Djokovic em caso de vitória no próximo duelo já pode inclusive melhorar a sua colocação no ranking.

Na partida contra Verdasco o sérvio Djokovic iniciou com dificuldades para manter o serviço, precisando salvar diversos break points. Mesmo assim, conseguiu uma quebra contra o espanhol e sem dificuldade acabou fechando o set em 6-3 contando com os erros do adversário.

No segundo set uma quebra logo no primeiro game conseguiu manter Djokovic ainda mais focado na partida e desestabilizar o seu adversário, mesmo que Verdasco tenha conseguido também uma quebra que acabou empatando o gol em 3-3. No final, o Nole conseguiu rapidamente devolver esta quebra e fechou novamente o set, desta vez em 6-4

Para o terceiro set o filme se repetiu e Novak Djokovic novamente conseguiu uma quebra logo nos primeiros games. A diferença é que desta vez Verdasco não conseguiu a recuperação e o sérvio conseguiu fechar o set sem dificuldades em 6-2.

Agora nas quartas de final Djokovic terá pela frente uma das maiores surpresas desta edição de Roland Garros, o italiano Marco Cecchinato que ocupa apenas a 72ª posição do ranking da ATP. Os dois tenistas nunca se enfrentaram em uma partida profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *