Rafael Nadal anuncia que não disputará o ATP World Tour Finals

O sérvio Novak Djokovic garantiu o primeiro lugar do ranking da ATP até o final de 2018 não importa o que aconteça daqui até o final da temporada, e isso sem nem precisar entrar em campo. Para terminar o ano em primeiro lugar no ranking ele contou com o anúncio de Rafael Nadal, que pouco antes do início do ATP World Tour Finals tornou público que não participará do torneio e nem entrará mais em quadra neste ano, deixando o sérvio assim com o primeiro lugar garantido.

Rafael Nadal coloca assim um ponto final em uma temporada mais do que vitoriosa em sua carreira, onde conquistou 45 vitórias e apenas 4 derrotas, tendo levantado assim quatro títulos importantes no ano: os Masters 1000 de Monte Carlo, Masters 1000 de Roma, Masters 1000 de Toronto e o Grand Slam de Roland Garros.

Porém, essa desistência coloca fim também em uma temporada onde o espanhol teve como grande calcanhar de aquiles os torneios realizados em quadras duras e rápidas, já que apenas em Toronto o jogador conseguiu terminar o torneio e acabou ficando com o título.

Nos demais, acabou tendo que desistir dos torneios de Brisbane, Acapulco, Indian Wells, Miami, Cincinnati, Pequim, Xangai e Paris, além de agora ter desistido da sua participação no ATP World Tour Finals em Londres. O espanhol também acabou tendo de abandonar no meio as suas participações em torneios de Grand Slam disputados neste piso, como o Australian Open e o US Open.

Rafael Nadal desiste assim pela pela sexta vez em sua carreira de participar do ATP World Tour Finals, repetindo o que já aconteceu em 2005, 2008, 2012, 2014, 2016 e agora novamente em 2018. A conquista do torneio que reúne anualmente os 8 melhores tenistas da temporada é uma das únicas que falta na sala de troféus do espanhol, juntamente com os Masters 1000 de Xangai e de Paris.

O espanhol vai aproveitar este fim precoce da temporada de 2018 do tênis internacional para ele e passar por uma artroscopia no tornozelo para a retirada de um corpo livre que causa dores, além de ter que esperar mais um tempo para que a sua lesão abdominal pare de atrapalhar o seu jogo.

No ATP World Tour Finals deste ano Rafael Nadal terá como substituto John Isner, atualmente no número 10 do ranking da ATP e sem disputar nenhuma partida desde que deixou o US Open.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *