Rafael Nadal já pode ser considerado o maior do saibro?

O último domingo foi muito especial para os esportes, com conquistas de grandes lendas como Lewis Hamilton na Fórmula 1 e LeBron James na NBA, que guiou o Los Angeles Lakers a mais um título na maior liga de basquete do mundo. No tênis não foi diferente e Rafael Nadal conquistou por mais uma vez o título de Roland Garros, o Grand Slam do saibro, levantando o troféu pela 13ª vez.

Essa foi apenas mais uma vitória do Touro Miúra no Aberto da França e principalmente no saibro, já sendo considerado um dos maiores nomes da história do esporte nesse piso. Mas segundo o próprio ainda é muito cedo para ser considerado o maior tenista da história jogando na terra batida:

– “Não, não, isso é discutível. No final, os números têm que ser analisados por quem conhece bem a história do tênis. Honestamente, também não importa muito para mim. Estou feliz com minha carreira. É claro que hoje estou entre eles. A partir daqui veremos o que acontece com Novak, veremos o que acontecerá com Federer quando ele retornar e veremos o que acontece comigo. Felizmente, acho que teremos tempo para analisar todos os dados quando nossas corridas terminarem e chegar a um veredicto claro”.

Desde que conquistou o torneio de Roland Garros pela primeira vez em 2005 em apenas 3 ocasiões Rafael Nadal não conquistou o título do Aberto da França: em 2009 caiu nas oitavas de final para o sueco Robin Soderling, em 2015 foi eliminado nas semifinais contra Novak Djokovic, sendo essas as suas únicas derrotas. Em 2016 Nadal também não ficou com o título por ter se machucado e desistido antes da terceira rodada.

Quando fazemos a análise da carreira de Nadal no saibro até aqui vemos que o espanhol disputou até aqui quase 500 partidas nesse piso, com 445 vitórias e apenas 40 derrotas, com um número impressionante de 92% de aproveitamento. Os números são ainda mais impressionantes quando são analisados apenas os jogos em melhor de 5 sets: são 125 vitórias e apenas duas derrotas, um total de 98,4% de aproveitamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *