Rafael Nadal volta aos treinos após a pandemia

A pandemia do novo Coronavírus causou a paralisação de todos os torneios profissionais de tênis, causando inclusive o cancelamento do torneio de Wimbledon pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. A expectativa agora é que o circuito retorne apenas no mês de agosto, nos torneios preparatórios para o US Open. Mas antes disso os principais tenistas do mundo já começam a retomar os seus treinos como é o caso de Rafael Nadal na Espanha.

O tenista pode ter sido um dos mais afetados por essa pandemia, já que assim como Roger Federer não é mais um jovem jogador e perdeu mais da metade de uma temporada em sua reta final de carreira. Rafael Nadal inclusive chegou a assumir durante essa pausa forçada que teve problemas psicológicos durante a quarentena,

Agora, pela primeira vez nesse período o jogador postou em suas redes sociais um vídeo onde mostra que está de volta aos treinos em Mallorca, dizendo:

– “Finalmente estou de volta às quadras. Feliz por estar de volta aos meus treinamentos, e mais feliz por ter as crianças podendo treinar de novo na Rafa Nadal Academy. Isso é o mais importante”.

O grande desafio de Rafael Nadal quando o circuito voltar será a disputa do torneio de Roland Garros, onde já foi campeão em 12 oportunidades. Segundo os sites de apostas esportivas de todas as partes do mundo, como o betboo, Nadal é o grande favorito para ficar com o título em mais uma temporada consecutiva.

Com a curva de contágio já em tendência descendente na Espanha, o país já começa a flexibilizar as leis de distanciamento social e os principais tenistas do país irão disputar nas próximas semanas os seus primeiros torneios preparatórios para o retorno da temporada, torneios esses de exibição.

Ironicamente, entre todos os espanhóis presentes no top 100 do ranking da ATP Rafael Nadal, o atual número 2 do mundo é um dos únicos que ainda não garantiu presença em nenhum desses torneios preparatórios. Além dele, apenas o número 52 do ranking Fernando Verdasco, que mora nos Emirados Árabes, também não garantiu a presença em nenhum dos torneios preparatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *