Rodada da Copa Davis mostra um renovado Rafael Nadal

A Copa Davis 2018 foi o grande assunto do último final de semana, com uma rodada emocionante que serviu entre outras coisas para mostrar ao presidente da ITF que a competição continua com o seu charme e não necessita de tantas mudanças assim como ele imagina. Mas mais do que tudo, a rodada serviu também para vermos o renascimento do Touro Miúra Rafael Nadal nesta temporada, com o espanhol voltando de um longo período de lesões e mostrando que está pronto para tentar voos mais altos ainda em 2018.

Rafael Nadal ainda vive os reflexos da contusão que o tirou da disputa do ATP World Tour Finals em Londres no final do ano passado. O espanhol até ensaiou um retorno neste início de 2018, mas ainda nas quartas de final do Australian Open foi forçado a abandonar a partida contra Marin Cilic no quinto set, perdendo assim outros torneios importantes como os Masters 1000 de Indian Wells e de Miami.

Neste período em que ficou afastado das quadras Rafael Nadal voltou a ser o número 1 do mundo após a queda precoce de Roger Federer no ATP Masters 1000 de Miami, e é de extrema importância que volte a jogar o mais rápido possível em alto nível nesta temporada se quiser manter o posto, já que é o tenista com mais tem pontos a defender na temporada de saibro europeia, que irá culminar no torneio de Roland Garros.

As duas vitórias na rodada da Copa Davis contra os alemães Alexander Zverev e Philipp Kohlschreiber serviram mais do que para classificar a Espanha para as semifinais, serviram para mostrar que Nadal está de volta como as próprias palavras do Touro Miúra deixam claro em entrevistas:

– “Eu sinto que estou pronto para competir tênis no meu melhor nível físico. Este foi o primeiro torneio que eu consegui terminar em 2018 e a vitória contra o Zverev foi muito importante tanto para mim como para o time. Hoje eu não apenas venci, mas o fiz de forma muito positiva. Em alguns momentos, joguei em um ótimo nível”.

O próximo desafio de Rafael Nadal é na próxima semana no ATP Masters 1000 de Monte Carlo, onde ele entra pressionado por seu o atual campeão e defendendo 1000 pontos no ranking da ATP. Roger Federer está fora da temporada do saibro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *