Semana com bons eventos da Série ATP 250

A temporada 2017 do tênis internacional que marcou o renascimento de Rafael Nadal e Roger Federer ainda não terminou, e apesar de já termos passado pelo US Open que é o quarto e último Grand Slam da temporada ainda temos grandes emoções neste ano no calendário mundial até chegarmos no grande ápice da final da Copa Davis no final de semana do dia 20 de novembro.

Em outubro, por exemplo, logo na primeira semana do mês já teremos dois grandes torneios da Série ATP 500 na Ásia, com torneios em Pequim na China e em Tóquio no Japão. Ainda em outubro só que na segunda semana do mês ainda teremos o Xangai Masters, mais um dos torneios da Série ATP Masters 1000.

Na metade do mês os principais tenistas do mundo voltam para a Europa, onde serão realizados mais dois torneios ATP 500, em Viena na Áustria e em Basel na Suíça, além de na última semana do mês termos o último Masters 1000 da temporada, o Paris Masters na capital da França.

Todos estes torneios serão importantes para definirmos os participantes do ATP Finals desta temporada, torneio que irá reunir os 8 melhores classificados do ranking da temporada em Londres na Inglaterra e tem até agora apenas Rafael Nadal e Roger Federer garantidos.

Porém, se engana quem pensa que teremos que esperar até outubro para fazer grandes apostas e curtir grandes nomes do tênis mundial em ação. Agora mesmo na terceira semana do mês de setembro temos dois bons torneios da Série ATP 250 rolando e com boas opções de apostas.

Um deles é o ATP 250 de São Petersburgo, que está sendo disputado na Rússia e segundo o site de apostas esportivas betboo tem o espanhol Roberto Batista Agut como grande favorito com o retorno de R$3,90 a cada R$1 apostado em seu título. O segundo maior favorito é o francês Jo-Wilfried Tsonga com o retorno de R$4,50.

Também nesta semana está acontecendo o ATP 250 de Metz na França que segundo também o betboo tem David Goffin como grande favorito, com o retorno de R$4,50 a cada R$1 apostado seguido de Pablo Carreno Busta, que paga o retorno de R$6,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *