Serena Williams desiste e Sharapova avança em Roland Garros

Serena Williams era sem nenhuma sombra de dúvidas o principal nome do torneio de Roland Garros nesta temporada, voltando a disputar um torneio de Grand Slam pela primeira vez desde que conquistou o título do Australian Open no ano passado e pouco depois anunciou a sua gravidez, que a manteve fora do circuito durante todo o ano de 2017.

Voltando à ativa neste início de 2018 com uma participação decepcionante na temporada americana de Masters 1000, conseguindo resultados abaixo do esperado em Miami e Indian Wells, a norte-americana vinha fazendo um retorno apoteótico no Aberto da França mesmo ainda visivelmente fora de forma.

Mais do que por seu macacão estiloso que tinha usando como uniforme, Serena Williams vinha chamando a atenção do mundo por conta do seu desempenho baseado muito mais na força do que na movimentação nesta edição de Roland Garros, tanto no torneio de simples onde já estava nas oitavas de final após três vitórias convincentes quanto nas duplas, onde estava jogando ao lado de sua irmã Venus Williams.

Porém, foi mesmo durante o torneio de duplas que Serena acabou sentindo uma contusão no músculo peitoral, o que a está impedindo de sacar e consequentemente a fez desistir nesta segunda-feira pela primeira vez de um torneio de Grand Slam em sua carreira.

A tenista deu uma rápida declaração na qual demonstrou toda a sua frustração por não poder continuar na disputa:

“ – Estou mais do que desapontada. Abri mão de muita coisa, tempo com minha filha e com minha família. Dei tudo de mim na quadra. Então é realmente difícil estar nesta situação”.

A desistência de Serena frustra os fãs já que nestas oitavas de final ela se encontraria pela primeira vez em muito tempo com a sua grande rival Maria Sharapova após a russa cumprir a sua suspensão por doping.

Apesar de esta ser uma das maiores rivalidades do tênis nas últimas décadas, Sharapova é uma grande freguesa de Serena: em 21 confrontos são 19 vitórias da americana e apenas duas da russa, que não vence desde 2004. O último confronto entre as duas foi nas quartas de final do Australian Open de 2016.

Com a desistência de Serena Williams Maria Sharapova passa diretamente para as quartas de final onde enfrentará a vencedora do confronto entre a terceira colocada do Ranking da WTA, Garbine Muguruza contra a ucraniana número 39 do mundo Lesia Tsurenko.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *