Serena Williams volta às quadras com derrota após quase um ano

A preparação para o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada 2018 do tênis internacional já começou com grandes partidas ainda nesta reta final de 2017. E nenhum retorno dos tantos que teremos nas quadras australianas é tão aguardado como o de Serena Williams, que volta para o circuito da WTA após quase um ano afastada por conta da gravidez de sua primeira filha.

O Australian Open foi justamente o último grande torneio disputado por Serena Willians em janeiro de 2017, quando a norte-americana que atualmente está com 36 anos venceu a sua irmã Venus Williams e conquistou o seu 23º título de Grand Slam na carreira, um recorde na Era Aberta do Tênis Internacional.

E quando fazemos as contas, vemos que nesta época Serena já estava com pelo menos 8 semanas de gravidez, o que deixa o feito ainda mais impressionante para aquela que é considerada uma das maiores tenistas de todos os tempos na história do esporte.

A filha da atleta com o seu noivo Alexis Ohanian nasceu no dia 1 de setembro e recebeu o nome de Alexis Olympia Ohanian Jr. sendo que os pais só descobriram o sexo do bebê na hora do parto, que segundo a tenista apresentou uma série de complicações.

Mesmo assim, menos de 4 meses após o nascimento de sua primeira filha Serena Williams já está de volta às quadras, iniciando a sua preparação para a disputa do Australian Open de 2018, que acontecerá na segunda quinzena de janeiro em Melbourne.

Serena fez o seu retorno ao tênis no dia 30 de dezembro de 2017 e voltou com uma derrota para Jelena Ostapenko, atual número 7 do ranking, em um torneio realizado em Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos.

Após quase um ano longe das quadrar a norte-americana fez bonito, quebrando o saque da adversária logo no primeiro game da partida. Mesmo assim, sofreu três quebras e acabou derrotada sem grandes dificuldades no primeiro set.

No segundo set da partida Serena conseguiu se recuperar principalmente no saque, além de quebrar o serviço de Ostapenko em quatro oportunidades para empatar a partida em 1-1.

O ritmo acabou pesando no set de desempate, com Ostapenko, atual campeã de Roland Garros, conseguindo sem dificuldades fechar a partida em 2-1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *