Stefano Tsitsipas dá show mas perde para Stan Wawrinka

Camisas chamativas, cabelo esvoaçante e um estilo agressivo de tênis em Roland Garros. Se você pensou no brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, não está de todo errado. Afinal, o brasileiro é um dos maiores nomes da história do Grand Slam francês com 3 títulos conquistados nas quadras de saibro de Paris.

Porém, o tempo de Guga já passou e o brasileiro acabou tendo a sua carreira encurtada por uma série de lesões no quadril. Por isso, o público francês acabou dando tanto valor para a participação do grego Stefano Tsitsipas no torneio deste ano.

O físico pode chegar a confundir os fãs dos dois. Gustavo Kuerten tem 1,91m de altura e o peso aproximado de 83 kg, enquanto Tsitsipas tem 1,93 m de altura e o peso de 85 kg. Além disso, os dois vem de países com pouca ou quase nenhuma tradição no tênis mundial.

Porém, enquanto Guga conquistou 3 títulos em Roland Garros o grego Stefano Tsitsipas acabou sendo surpreendido neste ano pelo suíço Stan Wawrinka, que vai tentando se manter em boa fase após uma série de lesões e já volta ao top 20 do ranking da ATP após a boa campanha no Aberto da França.

Este pode ser considerado com toda a certeza um dos maiores jogos da temporada 2019 do tênis até aqui, com mais de 5 horas de duração. Mesmo com este tempo prolongado o “veterano” de 34 anos conseguiu superar o garoto de apenas 20 com o resultado de 3 sets a 2, parciais de 7/6, 5/7, 6/4, 3/6 e 8/6.

Melhor tenista da história do esporte na Grécia, Stefano Tsitsipas está atualmente no 6º lugar do ranking da ATP e pode até mesmo subir para o quarto lugar se torcer contra Kei Nishikori, Alexander Zverev e Dominic Thiem.

Já Stan Wawrinka terá nas oitavas de final um confronto mais do que complicado contra o seu compatriota Roger Federer. Federer chega até aqui sem sofrer derrotas em nenhum set em Roland Garros e terá pela frente um adversário que já enfrentou por 25 vezes, com 22 vitórias e 3 derrotas. Todas as derrotas de Federer para Wawrinka foram no saibro, o mesmo piso de Roland Garros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *