Rogerinho perde e está fora de Roland Garros

O sonho do Brasil em conquistar bons resultados no torneio de Roland Garros deste ano era muito complicado, mesmo com dois representantes na chave principal do torneio. Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva, o Rogerinho conseguiram alcançar esta chave principal do segundo Grand Slam da temporada mas acabaram caindo ligo na estreia, com Thomaz Bellucci caindo diante de Federico Delbonis e Rogerinho tendo uma sorte ainda maior, após o sorteio tendo logo pela frente na primeira rodada o sérvio Novak Djokovic.

Novak Djokovic durante muito tempo nos últimos anos acabou sendo o nome mais dominante do tênis internacional, chegando muito próximo inclusive de conquistar o Grand Slam perfeito em sua carreira, conquistando os 4 principais torneios do circuito em um mesmo ano.

Porém, o sérvio sempre teve no torneio de Roland Garros o seu grande calcanhar de Aquiles, durante muito tempo batendo na trave neste objetivo justamente por não conseguir o título do Aberto da França.

Após uma série de lesões o sérvio hoje ocupa apenas a 22ª posição do ranking da ATP, e neste ano já está na segunda rodada do torneio após passar pelo brasileiro Rogerinho na primeira rodada do torneio. E o brasileiro acabou sendo um grande desafio para Djokovic.

Rogério Dutra Silva passou por nada menos do que 3 fases de qualificação até chegar nesta chave principal, mas apesar de se esforçar muito e dar trabalho para Djokovic acabou caindo por 3 sets a 0 em mais de duas horas de jogo.

Rogerinho foi derrotado em parciais de 6-3, 6-4 e 6-4, com Djokovic assumindo logo após a vitória que “tem sido um bom início este ano, com uma vitória. Não estava em minha melhor forma. Não joguei muito bem, mas ganhei em 3 sets”.

Agora o Brasil fica sem representantes em Roland Garros após a queda de Thomaz Bellucci também na primeira rodada. Já Novak Djokovic segue firma na competição e agora na segunda rodada enfrentará um adversário espanhol, que sairá diretamente do confronto direto entre os compatriotas David Ferrer e Jaume Munar.

Assim, Djokovic foge da sina de outros grandes nomes que estão se recuperando de lesão como Stan Wawrinka, que neste ano já ficou pelo caminho e foi eliminado na primeira rodada por Guillermo Garcia López.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *