E que venha a Final do US Open

Inicio de Verão nos EUA é a marca registrada do US Open, um dos grandes torneios do Grand Slam, personalidades de todo o mundo se inscrevem neste torneio na esperança de serem campeões, subirem no ranking e ficarem sendo reconhecidos em todo o mundo. As quadras oficiais do US Open são duras (de concreto, asfalto ou acrílico), dando diversas possibilidades aos power tenistas fazerem belas rebatidas e uma facilidade maior de previsão das jogadas, diferente da quadra de grama. A final do US Open certamente é uma das mais emocionantes.

Novak Djokovic, Roger Federer, Andy Murray e Rafael Nadal foram os jogadores de elite da modalidade masculina por quase uma década, mas tem havido alguns sinais de que outros jogadores estão começando a romper esta barreira, como o Nick Kyrgios considerado uma das maiores zebras do torneio de Wimbledon.

Mas quem será que esta mais qualificado a disputar a final do US Open? Será que Nadal conseguira mais um título e se aproximara do tão sonhado Golden Slam? Será uma longa jornada para cada tenista neste torneio e as possibilidades são gigantescas.

Confira os candidatos a final do US Open

quadra de tenis dura

Além dos favoritos em outros torneios como o Rafael Nadal, Djokovic entre outros destaque para os seguintes jogadores:

Tomas Berdych

Berdych foi classificado no Top 10, sem interrupção, desde julho de 2010, fazendo dele um dos atletas mais consistentes na modalidade masculina. Reconhecido pelo seu forte saque certamente tem o que é preciso para competir com os melhores do mundo.

John Isner

Se existe um melhor saque nas quadras duras, este é o saque de Isner. Ele é um candidato a primeiro lugar em todas as superfícies. Ao longo de sua carreira teve suas melhores conquistas no Open americano, para chegar até a final do US Open os melhores certamente devem encarar o fato de que terão que superar esta barreira.

Outros nomes como David Ferrer, Grigor Dimitrov e o canadense Milos Raonic também tiveram excelentes resultados chegando diversas vezes a final do US Open, vamos esperar uma bela competição este ano e quem sabe uma grande surpresa como foi o caso do jovem Kyrgios que surpreendeu em Wimbledon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *